sábado, 19 de dezembro de 2009

Estado? Gasoso! Casado! RJ! Febril.

Acabei de chegar de uma apresentação dos "Fabulosos" Eu, Cesar Tavares e a luxuosa participação de Rafael Senna (palhaço Muzzarela), a ultima do ano, ja temos outra agendada para janeiro, o que nos deixa confiante e motivados para cair dentro e tentar produzir mais e mais. Participaremos do Janeiro Brasileiro de Comédia em S. J. do Rio Preto (SP) e torço muito que 2010 seja parecido com 2009, viagens a trabalho, desenvolvimento artístico, amigos vindo, outros indo... me sinto confuso e contraditório, o que não novo para mim nem para ninguém; tenho sentido uma profunda saudade da estrada, do avião e de sanduiche; voltei a comer joelho com caldo de cana, medo da morte, a morte por perto; bobeira, bobeira e muita bobeira com Leandro que completou 2 anos e cinco meses, planos e momento de semear com a Cássia (em se plantando tudo dá né)? Queria abraçar todo mundo. Queria beijar todo mundo. Queria espalhar e dividir meu carinho. Queria que a brincadeira contaminasse a todos e passássemos uns anos rindo sem parar. Queria rever meus mestres e ouvi-los, não, não queria que falassem comigo, queria estar invisivel e assim acompanha-los, ver seus movimentos, ouvir suas falas... queria que todos congelassem e eu transitasse ou que eu ficasse ausente, o mundo de mim extinto até que o fantástico anunciasse que me encontraram, como quando encontram uma tribo intocada. Acho que queria ser fofo, leve e bom.

Se eu fosse um cara diferente como eu seria?

Nenhum comentário: